Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

DRFR desarticula quadrilha que falsificava notas fiscais de leilão para vender carros roubados

Publicada em 11/04/2017 ás 10:18:26

Acusados presos

Policiais civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Feira de Santana (DRFR) prenderam nove acusados de receptação de veículos roubados na tarde de segunda-feira (10/04). Após a apresentação, dois adolescentes foram liberados.


Em entrevista ao repórter Aldo Matos da Acorda Cidade, o delegado André Ribeiro, titular da DRFR, informou que a prisão ocorreu durante as investigações de furto e roubo de carros e motos e que as apurações continuam em busca de mais envolvidos na prática criminosa. Segundo ele, após a polícia localizar o acusado Diego Ribeiro Rozeira Araújo, que estava com um veículo Hyundai HB20, preto, com placa de outro veículo, os policiais chegaram aos demais envolvidos.


Os carros eram comprados por valores entre quatro e seis mil reais em sites de vendas, com numeração de identificação raspada e notas fiscais de leilão falsificadas.


De acordo com o titular da DRFR, durante as investigações, policiais da equipe Golf 03 com o apoio das Golfs 02 e 05 da DRFR/FSA descobriram que Diego Ribeiro estava de posse de um veículo Hyundai HB20, de cor preta, ostentando a placa MLI-2946 e um VW Gol Rally de cor Branca, ostentando a placa OGO-5713, que ao checar os veículos os polícias observaram que as placas não conferiam com o ano de fabricação dos mesmos.


“A gente já vinha investigando esse crescente roubo de veículo na cidade e chegamos até Diego, que estava de posse de um veículo suspeito. Abordamos Diego e ao verificar a procedência do carro ele apresentou uma nota fiscal de leilão. Só que a gente desconfiou da nota e fizemos uma vistoria mais minuciosa, descobrindo assim que o carro havia sido roubado. A partir da prisão dele, chegamos aos demais”, explicou.


Diego informou ter adquirido o veículo com Paulo de Angelis Almeida Carneiro e Fredson Batista Souza, moradores do distrito de Humildes, por um valor muito inferior ao de mercado. Fredson, por sua vez, informou que Diego havia adquirido outros dois veículos com eles e venderam um Fox prata a outra pessoa, identificada como Douglas da Silva. Diego chegou a alegar que não sabia que o carro era roubado, mas não soube explicar porque adquiriu um veículo por um valor tão baixo.


Os policiais foram ao conjunto Feira VI à procura de Douglas da Silva e o prenderam com o veículo Fox prata. De acordo com o delegado André Ribeiro, Fredson ainda informou ter como fornecedor de motos e carros Yuri Victor de Souza Bonavides, que foi localizado no conjunto Feira VII, após diligências.


Com Yuri também foram presos Robson da Paz Teixeira, Ricardo da Paz Teixeira, e uma adolescente que foi liberada. Segundo a polícia, eles estavam com uma arma calibre 22 e algumas buchas de maconha e têm como área de atuação a região do distrito de Humildes.


Ricardo, segundo a Polícia Civil, confessou que agia em dupla nos roubos de motocicletas. Após as prisões os policiais continuaram com as diligências com a finalidade de recuperar outros veículos.


Eles já venderam veículos roubados nas cidades de Anguera e Alagoinhas. Segundo o delegado a polícia está em busca de outros receptadores, uma vez que, há o furto ou roubo, e porque há pessoas que compram produtos roubados.


Informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade
 

Autor/ Créditos: Redação