Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

Feira de Santana Segunda , 22 de Maio de 2017
OFERECIMENTO

PM e bombeiro que trocaram tiros com a polícia não participaram de assalto, diz Polícia Militar

Publicada em 16/04/2017 ás 20:43:03

Central de Flagrantes

O policial militar e o bombeiro militar presos na noite de sábado (15), em Salvador, após uma troca de tiros com policiais e sob a suspeita de participarem de um assalto, não têm envolvimento no crime. A informação foi divulgada pela Polícia Militar, na tarde deste domingo (16/04). Segundo a PM, a vítima, um taxista, não reconheceu os militares como participantes do assalto.


Um policial militar que estava na equipe que foi averiguara a situação foi baleado de raspão no queixo e no braço. Um terceiro projétil ficou alojado no colete balístico. O policial passa bem. O PM, o bombeiro foram presos em flagrantes por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e resistência à prisão.


Os dois ouvidos na Central de Flagrantes e encaminhados para o Centro de Custódia Provisória da PM em Lauro de Freitas, onde seguem à disposição da Justiça. Uma mulher que também estava com eles foi presa. Não há detalhes da situação dela.


Segundo a PM, os militares presos não disseram o motivo de reagirem à chegada dos policiais a tiros. Ainda conforme a corporação, o policial, o bombeiro e a mulher presos estavam em um apartamento que fica em um prédio indicado pelo taxista como o local para onde o suspeito do assalto contra ele fugiu. No imóvel, foram encontradas duas armas e uma pequena quantidade de maconha

.
Até a publicação desta reportagem, o autor do assalto contra o taxista não havia sido identificado e preso.


A Polícia Militar informou que a corporação e o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia vão instaurar procedimentos administrativos para apurar a conduta dos militares, que podem resultar até na demissão do PM e do bombeiro. A Polícia Civil também vai investigar o caso.


Caso
O caso ocorreu na noite de sábado, na Rua Edísio Pondé. Segundo a PM, policiais militares que estavam em ronda pela região foram acionados por meio da Central de Comunicações (Cicom) para atender à ocorrência e foram em busca do suspeito com informações passadas pela vítima, um taxista.


A PM informou que os agentes que atenderam à ocorrência relataram que, ao chegar no local informado pela vítima, foram recebidos a tiros e um dos integrantes da equipe foi alvejado de raspão. Os policiais revidaram à agressão e o autor dos dispar se escondeu dentro do apartamento em que se encontrava.


A guarnição conseguiu entrar no imóvel, deu voz de prisão aos envolvidos na situação e os conduziu à Central de Flagrantes.


Informações do g1 e foto: Anna Valéria/ TV Bahia
 

Autor/ Créditos: Redação