Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Festival de Música Gospel dará 18 mil reais em premiação

Publicada em 18/04/2017 ás 13:49:08

Música Gospel

Os 24 músicos que disputarão o Festival Metropolitano de Música Gospel 2017, que acontecerá entre os dias 27 e 29 de abril, vão concorrer a uma premiação total de R$ 18 mil. O evento é promovido pela Fundação Municipal de Telecomunicações, Tecnologia da Informação e Cultura, Egberto Tavares Costa.
 
Dividirão o prêmio os três primeiros colocados – R$ 7 mil para o primeiro lugar e R$ 5 mil para o segundo e R$ 3 mil para o terceiro, mais os melhores intérpretes masculino e feminino, que receberão R$ 1.500,00 cada.
 
Além da disputa do prêmio de melhor interprete e melhores canções, outro ponto alto do Festival Metropolitano de Música Gospel são as atrações contratadas para abrilhantar ainda mais a festa. Este ano, pela segunda vez no evento, a atração principal será o cantor Juliano Son.
 
Em sua 9ª edição, o festival vai contar também com a apresentação do Coral do Maestro Miro e o Ministério A Graça nos dois primeiros dias de classificatórias, 27 e 28 de abril, respectivamente. Juliano Son faz seu show na final, dia 29.
 
O destaque para esse ano é a realização da final do Festival Gospel em praça pública, na praça João Barbosa de Carvalho, a Praça do Fórum. As classificatórias serão realizadas no Centro de Cultura Maestro Miro. Todos os dias o evento começa a partir das 19h.
 
“Com o evento em praça pública nós vamos possibilitar que mais pessoas compareceram para assistir. Assim foi no Festival Metropolitano Vozes da Terra, que reuniu na Praça Padre Ovídio mais de 1,5 mil pessoas”, destacou o diretor de Cultura, Luiz Augusto.
 
O Festival Metropolitano de Música Gospel terá a apresentação de 24 artistas. Metade se apresenta no primeiro dia de classificatória e a outra metade no segundo dia. A ordem de apresentação foi decidida através de sorteio na presença dos candidatos. A final será com 12 artistas selecionados pelo júri.
 

Autor/ Créditos: Jorge Magalhães

 

Leia Também