Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Governo traz para Bahia próxima edição do PetroNor

Publicada em 20/07/2017 ás 09:54:01

Encontro

 A Bahia sediará a próxima edição da PetroNor 2018, Conferência e Encontro do Setor de Petróleo do Norte e Nordeste, que discute as oportunidades de negócios para o segmento de exploração e produção. O anúncio foi feito oficialmente nesta quarta-feira (19), na PetroSul, que está acontecendo em Vitória, no Espírito Santo. Os dois eventos são bienais e itinerantes. A primeira edição da PetroNor foi realizada em Salvador, em 2009.

"Sediar a PetroNor em 2018, em um momento de reaquecimento da exploração e produção de petróleo na Bahia, é super positivo para o estado. O evento terá como foco as políticas e os resultados das ações que estão sendo implantadas na revitalização dos campos maduros na região terrestre do Brasil, em especial da região Nordeste. Além disso, teremos rodadas de negócios, apresentação de cases de sucesso e já poderemos apresentar resultados do que vem sendo feito ao longo deste ano no segmento", afirma Paulo Guimarães, superintendente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE), que está participando do PetroSul.
           
Guimarães explica que a participação da Bahia no Global Petroleum Show, maior evento do segmento, que aconteceu em Calgary, no Canadá, no mês passado, rendeu bons frutos. "A ANP fará uma parceria com a agência regulatória de energia de Alberta, no Canadá e em breve deve lançar um novo marco regulatório de produção e exploração em áreas terrestres baseada na experiência que o Canadá tem de tanto sucesso".
 
Outra boa notícia é que empresas  canadenses se mostraram interesse em conhecer as oportunidades onshore no Brasil. No próximo dia 1º, vai ser realizado um evento em Calgary (Canadá) com a presença de representantes da ANP e o Ministério de Minas e Energia com a participação da SDE via skype, para que as empresas canadenses possam conhecer melhor os dados técnicos dos blocos da região terrestre que serão leiloados pela ANP no fim de setembro, na 14ª rodada.
 
"Nossa esperança é que essas empresas consigam participar desse leilão seja individualmente ou consorciadas entre si, trazendo uma nova perspectiva de mais operadoras virem para o Brasil podendo explorar petróleo e gás em áreas onshore", acrescenta Guimarães. Já na próxima semana (26/), o diretor geral da ANP estará em Salvador reunido com todo setor petrolífero para discutir reivindicações nas questões da revitalização das áreas terrestres na Bahia.
 
Fonte: Ascom/SDE
 
Autor/ Créditos: Redação

 

Leia Também