Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Estudantes fazem primeira edição do jornal "Jovens em Ação"

Publicada em 01/09/2017 ás 08:08:38

Jovens em Ação

 O orgulho e gratificação marcaram o lançamento do primeiro jornal da turma do projeto “Acelera” da Escola Municipal João Marinho Falcão, do bairro Olhos D´água, na manhã desta quarta-feira, 30. A iniciativa faz parte da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Instituto Ayrton Senna, que visa promover a correção do fluxo escolar dos alunos da Rede Municipal de Ensino. 

Pais, responsáveis, professores e alunos se reuniram para comemorar a entrega do jornal “Jovens em Ação”, que contou com a produção dos estudantes de diversos textos com intuito de estimular a leitura e a escrita. A primeira experiência trouxe resultados positivos que agradaram os presentes.
 
“Foi muito gratificante ver o poema com o nome da minha filha impresso no jornal”, comemorou a dona de casa Lívia dos Santos Silva, mãe de Rebeca dos Santos Lima Silva, do 5º ano. “Percebi que minha filha tinha o dom da escrita, que nem ela sabia que tinha. Tem sido uma experiência muito boa para o desenvolvimento dela como aluna”, relata.
Para Rebeca, foi uma oportunidade de colocar em prática o gosto pela escrita. “Tenho aprendido muitas coisas importantes e como tenho muita vontade de escrever, esta tem sido uma boa experiência para mim. Quero continuar escrevendo muito”, afirma a aluna. 
 
A Seduc também realiza em parceria com o Instituto Ayrton Senna o projeto “Se liga”, que visa melhorar os índices de aprendizagem nas escolas municipais.
 
A secretária de Educação, Jayana Ribeiro, prestigiou o lançamento e elogiou o trabalho feito pelos alunos. “Fico muito satisfeita quando vejo bons resultados nas nossas ações. Nosso objetivo é que com os projetos em parceria com Instituto Ayrton Senna, possamos corrigir o fluxo escolar e alfabetizar todos os alunos da rede. Ver que estamos indo bem neste caminho é bastante positivo”, garante. 
O lançamento também contou com a presença do jornalista Adilson Muritiba, que compartilhou com os estudantes a experiência como repórter na TV Subaé. “É importante que as crianças que tenham interesse pelo jornalismo possam conhecer os diversos segmentos da profissão. É uma área muito ampla e cheia de oportunidades”, acredita. 
 
A professora da turma, Alessandra Alves da Silva Sobral, pretende aprimorar o jornal na próxima edição. “Quis que os alunos tivessem contato com alguém da área de jornalismo para que possamos, a partir de agora, trabalhar o nosso jornal com outro olhar, instigar a pesquisa, as entrevistas, o estudo do que será dito nos textos”, relata.
 
Autor/ Créditos: Lineia Fernandes

 

Leia Também