Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Vereador Cadmiel cobra do governador a construção de um novo hospital em Feira de Santana

Publicada em 25/09/2017 ás 11:37:59

Vereador Cadmiel

 Durante pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana nesta segunda-feira (25/09), o vereador Cadmiel Pereira voltou a cobrar do governador do Estado, Rui Costa, o cumprimento de promessas feitas para o município durante campanha eleitoral. O edil destacou a necessidade de construção de um novo hospital e da realização das obras de saneamento nos bairros localizados no entorno da Lagoa Grande.

“O governo Rui Costa se gaba em dizer que fez a avenida Noide Cerqueira, isso não é verdade, quando ele assumiu a obra já estava feita. Passou três anos prometendo um viaduto e inaugurou o viaduto saci-pererê, faltando uma perna. Exibiu no programa eleitoral que no primeiro semestre construiria um hospital regional para o município e região, recebemos foi uma placa comemorando a comemoração do hospital em outra cidade e agora promete uma policlínica regional, que não é uma unidade de alta complexidade e vai continuar agravando o problema de superlotação do Clériston Andrade”, pontuou.
 
O vereador criticou, ainda, a não realização das obras de saneamento básico na região da Lagoa Grande. Segundo ele, foi realizado trabalho de paisagismo, mas a população continua sofrendo com ausência de esgotamento sanitário. “O pavimento do Caseb e do Ponto Central está todo destruído, todo acabado. A terceirizada da Embasa não deu conta de resolver as ruas que estão na região do Parque Getúlio Vargas. Isso é dizer que está investindo em Feira de Santana? R$ 12 milhões para Feira de Santana, que disse ter sido investido na Noide, não é nem um passeio que está sendo batido no Centro Histórico de Salvador. É governador só para a Capital? Feira tem o que do Governo do Estado? Só promessas”, disse. 
 
O edil destacou a necessidade dos eleitores elegeram o máximo de deputados federais representantes do município para assegurar a destinação de emendas para obras na cidade. “O governo Rui Costa está deixando muito a desejar para Feira de Santana com relação ao que foi prometido. Já vai começar nova propaganda eleitoral para o novo pleito e vai começar novamente a maquiagem”, afirmou.
Em aparte, o vereador Alberto Nery (PT) afirmou que o Governo Municipal não dá atenção devida à manutenção das obras realizadas pelo governo estadual. Segundo ele, a construção de hospitais em outros municípios contribuem para diminuição da demanda de pacientes oriundos de outras regiões no Hospital Geral Clériston Andrade. Nery afirmou, ainda, que a Embasa atende às solicitações de serviços realizadas pela comunidade.
 
SAÚDE
Para a vereadora Neinha Bastos (PTB), o Governo do Estado não tem respeito pela população feirense. “Quando se trata desse assunto referente a construção dessa nova policlínica fica claro que o Governo do Estado quer ver o povo morrer, porque uma policlínica jamais vai poder permanecer com um paciente que precisa de atendimento de alta complexidade, por exemplo. O tomógrafo do Clériston Andrade está há cerca de 30 dias quebrado. Esse governo está fazendo de Feira de Santana um nada”, afirmou.
O vereador e líder governista Lulinha (DEM) também reforçou as criticas. “Várias promessas do governador não foram cumpridas. Ele tem descaso por Feira, não gosta desse município e não gosta da região que deu a ele a maior votação para sua eleição”, criticou.
 
Para finalizar, o vereador Cadmiel Pereira informou que irá fazer levantamento de todas as obras de responsabilidade do Estado que estão paralisadas e as promessas que não foram cumpridas e apresentar no Plenário da Casa. “Inclusive, a liberação dos tratores para o município foi resultado de emenda impositiva dos deputados. Não foi do Governo. Foram os deputados que trouxeram os equipamentos para Feira de Santana”, finalizou.
 
Autor/ Créditos: Redação

 

Leia Também