Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Vitalmed completa cinco anos de atuação em Feira de Santana

Publicada em 04/10/2017 ás 15:31:52

Vitalmed

 O serviço privado de atendimento pré-hospitalar (APH) é uma realidade cada vez mais frequente nas cidades brasileiras. O motivo é a medicina ágil, multidisciplinar e à disposição do paciente 24 horas. Na Bahia, a Vitalmed, pioneira na implementação deste tipo de serviço, em casos de urgência e emergência, atua em Salvador, Lauro de Freitas, Ilhéus, São Luís do Maranhão e Feira de Santana. Nesta última cidade, a empresa está completando cinco anos de atuação e, para celebrar o momento, a Vitalmed irá realizar, nesta quarta-feira (04.10), um coquetel, para convidados.

 Conhecida como Princesinha do Sertão, Feira de Santana se destaca na Bahia e no Nordeste pelo potencial econômico, tecnológico, comercial, dentre outras características que costumam atrair investidores do Brasil e do exterior. Por conta desses fatores, e visando melhorar o setor da saúde local, a Vitalmed apostou na região e inaugurou, em 2012, a primeira unidade no município, onde realiza, mensalmente, cerca de 400 atendimentos presenciais, com expectativa de crescimento.
 
Atualmente, além do serviço de APH, em ambulâncias, os associados também podem contar com o home care, que consiste na assistência médica humanizada, em tempo integral, com toda infraestrutura necessária e, o melhor, no conforto do lar do paciente. De acordo com diretora geral da Vitalmed, Priscila Wiederkehr, em 24 anos de trajetória, a empresa realizou mais de 1,8 milhão de atendimentos, nas cidades onde atua.
 
“Esse número corresponde ao serviço de atendimento pré-hospitalar (APH), assistência médica em hotéis, resorts e eventos, resgate em rodovias e atenção domiciliar, cobertura médica de viagens, além do Vitalcare (home care). Os associados à empresa ainda podem desfrutar do Vital Vantagens, que oferece uma série de benefícios, a exemplo de descontos, em empresas parceiras.”, conclui.
 
Autor/ Créditos: Redação

 

Leia Também


17/Outubro/2017 ás 20:37:28