Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

UPA da Queimadinha é considerada um avanço na Saúde de Feira

Publicada em 04/10/2017 ás 15:41:54

UPA da Queimadinha

 Com previsão para ser inaugurada na primeira quinzena de dezembro, as obras de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Queimadinha se encontram em fase de acabamento, enquanto estão sendo adquiridos os equipamentos hospitalares que serão utilizados nesta importante unidade de saúde da região leste da cidade.

A UPA terá cerca de 1,7 mil metros quadrados de área útil, para um pronto atendimento aos moradores do bairro Queimadinha e entorno. Disponibilizará de uma estrutura de mini hospital, e vai prestar atendimento ininterrupto durante  24 horas.
 
A unidade vai assegurar serviços de urgência e emergência, com dois médicos clínicos e um pediatra, enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares. Contará também com sala de raio X e laboratório, sala de observação feminina, sala de observação masculina, sala de urgência, sanitários, sala de macas, plantão feminino e masculino, sala de estar do plantonista, esterilização, lavagem/descontaminação, circulação e necrotério.
O equipamento hospitalar também conta com recepção, sala de reidratação, sala de inalação, sala para gesso, sala para sutura/curativo, enfermagem, sala de urgência, sala de observação pediátrica, ambulância e espera.
 
Consta ainda de suas dependências uma sala de utilidades; setores para roupas limpas e roupas sujas; almoxarifado; sanitário de funcionários; vestuário; sala de coleta; sala de ECG; consultórios de exame clínico; assistente social e sala administrativa.

"Avanço na Saúde de Feira"
“Esta unidade representa um avanço para a saúde pública de Feira de Santana, porque vai cobrir as necessidades de vários bairros populosos da região leste da cidade”, ponderou o prefeito José Ronaldo de Carvalho, ao visitar as dependências da UPA, na tarde desta terça-feira, 3.
Ele afirmou que o equipamento, mais amplo e mais bem equipado, “se encontra numa localização privilegiada da cidade e vai compor um complexo de saúde, com o Hospital Dom Pedro de Alcântara e a Unacon”.
 
Ronaldo esteve acompanhado dos secretários Paulo Aquino, de Governo, e Denise Mascarenhas, da Saúde, além de técnicos especializados e da Secretaria de Desenvolvimento Urbano.
 
Autor/ Créditos: Jorge Magalhães

 

Leia Também