Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Câmara promove sessão solene em comemoração aos 500 anos da Reforma Protestante

Publicada em 01/11/2017 ás 10:03:49

Sessão na Câmar

 A Câmara Municipal de Feira de Santana, atendendo ao Requerimento nº 129/2017, de autoria do vereador Cadmiel Pereira (PSC), realizou na tarde desta terça-feira (31), sessão solene para comemorar os 500 anos da Reforma Protestante. A solenidade foi prestigiada por vereadores, lideranças políticas, representantes da comunidade evangélica, profissionais da imprensa e representantes da sociedade civil.

A mesa de honra foi composta pelo presidente do Legislativo feirense, José Carneiro Rocha (PSDB); vice-prefeito Colbert Martins, representando o prefeito José Ronaldo de Carvalho; Pastor Antônio Delson de Jesus, coordenador de Missões da Assembleia de Deus de Feira de Santana; Reverendo Pastor Ágabo Borges de Sousa, da Igreja Batista Avenida; e o Reverendo Pastor Eliude do Amaral Soares, da Igreja Assembleia de Catu.
Ao saudar os presentes e declarar a abertura da sessão, o vereador José Carneiro agradeceu a presença de todos na 33ª sessão solene promovida pela Casa. O vereador Cadmiel Pereira  destacou a importância de comemorar o aniversário de 500 anos da Reforma Protestante. “Quisera Deus a sociedade entender o real significado da Reforma Protestante, das 95 Teses propostas por Martinho Lutero. Quero agradecer a presença de cada um de vocês e dizer que é o Senhor quem norteia a vida dos vereadores, é o Senhor quem norteia a vida da sociedade”, afirmou.
 
O Pastor Antônio Delson de Jesus, coordenador de Missões da Assembleia de Deus de Feira de Santana e coordenador do Colegiado de Física da Uefs, destacou a importância do movimento de reforma da doutrina católica e considerou Martinho útero uma personalidade do milênio em virtude do seu trabalho de transformação da sociedade. “Esse homem teve a coragem de enfrentar a instituição mais poderosa daquela época e teve a coragem de dizer a Igreja Católica: ‘você fugiu dos princípios’. Hoje somos parcela expressiva na sociedade e esta Casa da Cidadania representa e defende os nossos princípios”, destacou.
O Reverendo Pastor Ágabo Borges de Sousa, da Igreja Batista Avenida lembrou que a reforma protestante foi um movimento complexo na Europa com a fixação das 95 teses em frente à Igreja de Wittenberg, na Alemanha, há exatos 500 anos. Para ele, a reforma protestante deu ao cristianismo ocidental uma nova roupagem, possibilitando a expressão da religiosidade e da espiritualidade de forma específica.
 
“Martinho Lutero não propunha naquele primeiro momento o rompimento com a igreja oficial daquela época, mas uma reformulação daquilo que ere imposto pela instituição. Ele convoca para um debate sobre o valor cobrado pelas indulgências. Ele pregava o amor pela verdade. Mas, a oposição ao diálogo, impediu essa relação”, pontuou.
No uso da tribuna, o Reverendo Pastor Eliude do Amaral Soares, da Igreja Assembleia de Catu e 1º tesoureiro da Convenção Estadual da Assembleia de Deus da Bahia, prestou homenagem póstuma ao ex-vereador Severino Soares. Ele destacou a ousadia e coragem de Lutero, que precisou colocar a vida em risco, para dar o verdadeiro testemunho como servo de Deus.  e
“Devemos reconhecer que essas teses estão longe de serem, em sua totalidade, a expressão da verdadeira fé cristã. Lutero chamou a atenção de todos os religiosos da época para a Bíblia. É comum que o ser humano se afaste de tudo aquilo que fora descrito no princípio e a reforma muitas vezes se faz necessária. A Bíblia tem sido combatida ainda e, apesar do reconhecimento e das atenções em todos os níveis se voltarem para a bíblia, ainda há pessoas que a julgam como muito simples para adentrar e nortear assuntos que pra muitos é muito sério”, refletiu.
Para o Reverendo Eliúde, o Brasil precisa de “Luteros” nas mais diversas áreas e setores para promoção de uma reforma que se faz necessária e urgente para que a nação venha viver novos e melhores dias. Os palestrantes da sessão solene foram homenageados pelos vereadores com a entrega de placas de agradecimento.
 
Autor/ Créditos: Redação

 

Leia Também