Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Comunidade aprende a fazer sabão artesanal, em Santo Antonio dos Prazeres

Publicada em 06/11/2017 ás 22:42:57

Curso

 Dezenas de pessoas assistidas pelo Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do bairro Santo Antônio dos Prazeres (equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social - Sedeso) aprendem a produzir sabão a partir da reciclagem de óleo usado, contribuindo assim para a preservação do meio ambiente. A iniciativa faz parte de programa desenvolvido pela Prefeitura de Feira de Santana em parceria com a Embasa.

O objetivo é a inclusão social e produtiva em área de abrangência das obras de ampliação do sistema de abastecimento de água em Feira de Santana. O projeto é focado no desenvolvimento de atividades voltadas para a participação comunitária, controle social e educação ambiental. Envolveu cerca de 60 moradores dos bairros Santo Antônio dos Prazeres, Parque Lagoa do Subaé, Santa Mônica I e II, Parque Getúlio Vargas e Caseb.
 
A oficina de sabão artesanal foi realizada nos dias 18 de outubro e 1º de novembro, no CRAS Santo Antônio dos Prazeres. A reciclagem do óleo usado é fundamental para a preservação do meio ambiente.
O secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, ressalta o compromisso do Governo Municipal em estar sempre atento à promoção de ações voltadas para o desenvolvimento de comunidades carentes e aberto a parcerias que resultem na geração de ganhos na qualidade de vida para quem mais necessita, inclusive através da geração de fontes de trabalho e renda.
 
A coordenadora do equipamento, Ivanete Rios, explica que a iniciativa envolveu as mulheres assistidas pelo CRAS, visando proporcionar alternativas de geração de fontes de trabalho e renda além de contribuir para a preservação do meio ambiente. “O objetivo da atividade foi sensibilizar os participantes sobre a importância da destinação correta do óleo de cozinha, visando a preservação ambiental, além da geração de renda com a fabricação do sabão”, frisou.
A atividade foi conduzida pela assistente social Roseane Santos, do Projeto Social, além da facilitadora Vera Lúcia Tosta. É um projeto realizado pela Embasa em parceria com a Prefeitura, através da Sedeso.
 
Autor/ Créditos: Jorge Magalhães

 

Leia Também