Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Leis do Karma e de Murphy "dão" título ao Acorda pra Vencer, na Copa Sub 15

Publicada em 03/12/2017 ás 18:20:55

Campeão

 Duas ”leis não oficiais” foram aplicadas à final da Copa Sub 15, realizada no Joia da Princesa, na manhã deste domingo, 3, entre as equipes do Jomafa e Acorda pra Vencer. A Lei do Karma, que diz que “tudo que vai, volta”. E a lei de Murphy, que diz que “qualquer coisa que possa ocorrer mal, ocorrerá mal, no pior momento possível”. E não poderia ter sido pior para Índio, jogador da equipe do Jomafa, atual campeã da Copa.

Um jogo apertado que caminhou no 0x0 durante todo o tempo da partida. Teria mesmo que ser resolvida nos pênaltis. Neste momento, até que tudo caminhava bem para ambas as equipes. Todos os jogadores converteram suas cobranças. Até que chegou a vez de Índio, que, ao que tudo indica não tomou conhecimento de nenhuma das leis. Antes de partir para sua cobrança, o jogador resolveu provocar o goleiro adversário, a fim de desestebalizá-lo.
Algo comum no futebol. Mas que, aparentemente, “não agradou nem Murphy e nem Karma”. O goleiro caiu no canto, sem sucesso, mas com ângulo suficiente para, ainda na queda, assistir o seu rival isolar a bola. Chutou pra cima. A provocação voltou em forma de derrota e, para Índio, com certeza não havia momento pior. A equipe do Acorda pra Vencer fez jus ao nome na manhã de domingo. Acordou e venceu. Campeã invicta.
 
Foram 16 equipes participantes da Copa Sub 15. Um total de 400 atletas que disputaram 31 partidas e marcaram 59 gols, deixando uma média de 1,9 por jogo. O diretor de Futebol da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Juracy Galdino (foto), afirma que a competição já está sendo aprimorada para o próximo ano.
“Estamos estudando a possibilidade de aumentar o número de equipes. Ano passado foram 29, esse ano tivemos 31 e queremos trazer mais gente de fora no ano que vem. Nesse ano, também participaram as equipes de Tanquinho e do distrito de Humildes. Também queremos voltar a realizá-la no primeiro semestres do ano. Esse ano foi no segundo devido ao Marco Regulatório”, afirmou Juracy.
 
Fotos: Cau Preto
 
Autor/ Créditos: Redação

 

Leia Também