Correio Feirense - O portal de Notícias de Feira de Santana - Bahia

OFERECIMENTO

Orquestra Sanfônica de Serrinha transforma estacionamento num arraiá

Publicada em 20/12/2017 ás 22:18:55

Orquestra Sanfônica

 Os sons produzidos pelas 12 sanfonas da Orquestra Sanfônica de Serrinha foi ouvido longe do palco montado no estacionamento da Prefeitura, que por muito pouco não foi transformado num grande arraiá natalino.

Foi uma das atrações deste núcleo nesta quarta-feira, 20. No mesmo local se apresentou o cantor mirim Willian Lima.
 
Não foram poucas as pessoas que, sozinhas, ensaiaram passos de forró, xote, baião, marcha, rumba e, por que não, bossa-nova – “Wave”. Tocaram, também, em solo, “Despacito”, a música mais tocada do ano em todo o mundo.
Mas o repertório da Orquestra fundada há sete anos, tem a presença de Luiz Gonzaga em quase toda a apresentação. Sai de Asa Branca, considerada o hino nordestino, “Que nem jiló”, Zé Dantas, Humberto Teixeira e Jackson do Pandeiro.
 
É uma verdadeira “sanfonia” estimular a autoafirmação de quem está no palco ou na plateia – que ocupou todas as cadeiras disponíveis – lembrando-lhes, em todas as notas, as suas origens. “A orquestra foi criada para recuperar o nosso forró genuíno, o pé de serra”, diz o seu fundador, Chico Vagão.
Outro objetivo, diz o fundador da orquestra, é manter vivo o legado gonzaguiano. “Por isso aposto na formação de novos músicos, desde criança”. Três dos músicos são bastante jovens. Um dos músicos é a sanfoneira Sônia Menezes.
 
Fotos: Washington Nery
 
Autor/ Créditos: Jorge Magalhães

 

Leia Também


23/Fevereiro/2018 ás 16:29:46

23/Fevereiro/2018 ás 08:51:50